Postado em: 24/04/2009 Última atualização: 25/02/2014 / by LiLi in Dicas
 
 

Na Imigração do Aeroporto

imigração aeroporto eua miami florida
imigração aeroporto eua miami florida

Ok, todo mundo aproveitando as promoções de passagens internacionais… que maravilha! A galera vindo pra cá peeeeeso, o povo eufórico reservando hotel e pensando logo no carro que vai alugar assim que pisar no aeroporto de Miami.  Show!  Essa parte de programar tudo, ficar imaginando como tudo vai ser, os lugares para visitar…  é realmente muito legal. Mas a maioria acaba se esquecendo de pensar no momento da “hora da verdade”.

Você sabe o que é isso?

Vou explicar… a “hora da verdade” é o momento em que tudo isso que você imaginou, está realmente acontecendo. Ao chegar aqui, além da excitação, você, querendo ou não, vai ter que se virar! Já que decidiu vir, venha, mas não pague mico, pelo amor de Deus! Huahiuahau! É claro que é normal sentir um certo desconforto nessas horas… bate um frio na barriga, uma insegurança…  e tudo isso começa logo no departamento de imigração do aeroporto. Aqui nos EUA, as autoridades, como por exemplo, os policiais, são extremamente treinados para serem frios e  para passar um ar de real superioridade.

O que eu tenho pra lhe dizer quando este momento chegar é:

-NO PANIC!

Assim que chegar na área de imigração do aeroporto de Miami, verifique os guichês que atendem os não-cidadãos americanos (geralmente são os da direita), e tenha todos os seus documentos em mãos (inclusive o formulário preenchido que a aeromoça lhe deu no avião).  Quando chegar a sua vez, o oficial pode ou não ser simpático com você. Se ele não for, continue sorrindo, hehehe. Ele vai fazer algumas perguntas como: O que você veio fazer nos EUA? Quanto tempo pretende ficar? Vai ficar na casa de alguém? (você precisará dar o endereço) etc… Você também vai precisar colocar seus dedos para tirar a digital e bater foto. Tudo isso demora,  no máximo, uns 5 minutos. Agora há vezes, se você tiver “azar”, que terá de ir para uma salinha. Isso ocorre quando o oficial pode ter achado algo suspeito ou irregular com o seu passaporte ou algum outro documento. Por precaução, eles farão uma análise mais profunda dos seus dados nessa salinha. Mais uma vez:

-NO PANIC!

Você já ouviu aquele ditado, né? Quem não deve, não teme. Tenha paciência e não deixe os seus amigos que passaram livremente, rirem de você pelo outro lado do vidro. :)

Eu mesma já fui pra salinha. Uns 5 oficiais de 2 metros de altura ficaram olhando pra minha cara e pro meu passaporte por meia hora, acho que eles consultaram até o FBI para ver se eu tinha algum registro, hauiahuiahaui! E a minha foto do visto, podre! E eles encarando…  hauihauiha! Passaram mil coisas pela minha cabeça… Será que eles tão me achando diferente da foto? (tinha mudado a cor do cabelo) Será que alguém tá usando minha identidade por aí? (tinha perdido meu RG no Brasil). Enfim, eu só sorria para todos, quem sabe eu não ganhava na simpatia? 😀

Depois de meia hora eles me liberaram, mas eu não resisti! Queria saber o motivo de tanta especulação! E perguntei mesmo (não aconselho): Ei, por que já todo esse tempo me analisando? Huiahuiah meu Deus, hoje eu lembro e não me reconheço. Enfim, eles explicaram que, como eu tinha feito High School aqui alguns anos antes, eles queriam ter certeza de que eu não tinha ficado todo esse tempo morando nos EUA.

Tá vendo? É só para meter medo mesmo… se você não tem nada de errado, não fique nervoso!

Depois eu falo sobre a outras “horas da verdade” que você vai com certeza enfrentar se aventurando por essas bandas…

Um grande beijo,

LiLi.

Novidade! Agora você pode comentar usando seu login do Facebook :)