28
Postado em: 20/04/2015 Última atualização: 22/04/2015 / by LiLi in Dicas
 
 

Lidando com Imprevistos Médicos nos EUA – GUIA COMPLETO!


Quando planejamos viajar para os EUA, logo imaginamos tudo perfeito: uma viagem incrível, cheia de momentos felizes, conhecendo inúmeros lugares fantásticos, muita festa, compras, fotos e tudo mais, não é mesmo?

Mas, como sabemos, nada pode ser perfeito, nem a nossa tão esperada viagem. :)

Se acontecer algum problema ou imprevisto médico durante a sua viagem, como uma doença inesperada, alergia a algum alimento ou produto, acidentes… você já pensou em como deverá proceder?

O sistema de saúde dos EUA funciona de maneira bem diferente do que estamos acostumados no Brasil e é quando nos deparamos com fatos inesperados que percebemos o quão importante é estarmos preparados e informados sobre:

  • O que devemos fazer em caso de alguma urgência ou emergência médica nos EUA?
  • Para onde devo ir?
  • Quem devo contactar?
  • Quanto irei gastar?
  • Etc

Confie em mim, viajar com estas respostas em mãos pode ser um fator decisivo para o sucesso ou fracasso de sua viagem, afinal, quem quer pagar uma fortuna e perder o maior tempo cuidando de problemas que poderiam ser facilmente solucionados se tivesse havido um planejamento prévio? Ninguém.

Por isso, este guia do Tá Flórida começa antes mesmo de você embarcar. Veja abaixo tudo o que precisa fazer:

1º Passo: Pesquise e contrate a melhor opção de Seguro de Viagem
Consulte a operadora de seu cartão de crédito

Apesar do Seguro de Viagem para os Estados Unidos não ser obrigatório, recomendo demais que você tenha pelo menos algum tipo de cobertura! Porém, antes de sair pesquisando por preços e empresas online, primeiro entre em contato com a sua operadora do cartão de crédito. É isso mesmo! Além deles oferecerem seguro de automóvel para carros alugados, a maioria destas operadoras também possui opções de Seguro de Viagem.

Atenção: Você precisa ter comprado sua passagem aérea com o mesmo cartão de crédito que pretende obter os seguros. Cada operadora trabalha de uma forma diferente e possui suas próprias regras, então o ideal é entrar em contato diretamente com eles, pois a cobertura também varia de acordo com o tipo do seu cartão. É muito importante que você saiba exatamente o que o seu cartão cobrirá, pois, muitas vezes, esta cobertura pode ser bastante superficial, sendo o “mesmo que nada”. Cada caso é um caso.
Faça um Seguro de Viagem com empresas especializadas
Se você achar que a cobertura do cartão não supre as suas necessidades, o próximo passo é contatar um empresa de Seguro de Viagens. O preço desses seguros geralmente não são muito caros e só pelo fato de você viajar com a mente tranquila, já vale a pena o investimento.
Algumas empresas que recomendo:
Após você contratar seu(s) seguro(s), não esqueça de levar consigo a lista de médicos e hospitais que possuem convênio com os mesmos, pois usar um estabelecimento fora da rede pode sair bem mais caro para você.
 
2º passo – Viaje informado sobre o Sistema de Saúde dos EUA 

Abaixo seguem informações que julgo serem importantes para você:

  • Se você não tiver Seguro de Viagem, serviços médicos como consultas, internações, remédios, etc são super caros.
  • Praticamente não há opções de serviços médicos grátis para turistas, pois os planos do governo Medicare e Medicaid são exclusivos para cidadãos americanos idosos ou que possuem baixa renda.
  • Chamar uma ambulância pode lhe custar um mínimo de $1000 dólares caso seu seguro não cubra. O preço da conta da ambulância depende das qualificações da equipe que está lhe atendendo, e não do tempo percorrido até o hospital.
  • Ir a uma sala de emergência (Emergency Room – ER) em algum hospital dos EUA é caro. De acordo com a “Agency Healthcare Research and Quality Medical Expenditure Panel Survey”, o custo médio de um atendimento na ER é em torno de US$1318 e você pode acabar pagando muito mais se o caso for realmente grave.
  • Você nem sempre saberá quanto irá pagar no ato ou logo após o atendimento, pois, dependendo do caso, as contas podem chegar posteriormente e em diferentes datas de acordo com o serviço prestado.
 
3º passo – O que fazer na hora da urgência ou emergência 

Quando algum imprevisto médico ocorre, você tem duas opções de locais para ir:

  1. Salas de Emergência (ER)
  2. Centros de Urgência (Urgent Care Center)

Quando se dirijir ao ER: Ossos quebrados ou deslocados, dor no peito, desmaio, convulsão, febre alta, falta de ar, queimaduras graves, envenenamento, alergia grave, etc.

Quando se dirijir ao Urgent Care Center: Crises de asma, gripe, tosse, dor de dente, dor de cabeça, virose, cólica, problemas gastro-intestinais, dor muscular, etc.

Não sabe qual deve escolher? Na dúvida, vá ao ER que terá uma equipe e estrutura bem maior com aparelhos de ressonância, ultrassom, etc para atender qualquer problema, mas lembre-se, o atendimento no ER é bem mais caro do que o atendimento no Urgent Care Center, daí a importância de você saber direitinho sobre a cobertura do seu seguro viagem, para não ter surpresas depois. Em casos de risco de morte, com ou sem seguro, não hesite, vá direto ao ER.

Outra informação importante é que nem todos os Urgent Care Centers são 24h, então se precisar de um médico durante a madrugada, é mais fácil encontrar no ER mesmo.

 
Dúvidas Comuns

Devo ligar 911?

Você pode ligar 911 de graça a partir de qualquer telefone dos EUA. Use este serviço em casos  de extrema urgência/emergência. Eles lhe farão algumas perguntas e, se necessário, irão mandar uma ambulância até você. Ela chegará rapidamente e você terá todo o suporte necessário até o hospital.

O que acontece quando eu chego a um ER ou Urgent Care Center?

Você precisará registrar sua entrada e preencher um questionário para fornecer suas informações pessoais e responder perguntas sobre seu histórico médico, plano de saúde, como irá pagar pelo serviço, etc. (Não esqueça de levar seu passaporte e o cartão do seguro). Depois disso, você ficará em espera até ser chamado para ser atendido.

Quais Urgent Care Centers de Miami e outras cidades da Flórida você recomenda?

Recomendo os da rede do Baptist Health. Neste link você possui todas as informações necessárias como endereço, telefone e também o tempo médio estimado de espera para ser atendido.

E Salas de Emergência, quais você indica?

No casos de emergência, o ideal é se dirijir ao hospital mais próximo de você rapidamente. Se não souber qual hospital está próximo, ligue 911 de qualquer telefone dos EUA ou, se não falar inglês bem, recomendo que fale com o Concierge do seu hotel, pois geralmente eles falam várias línguas e poderão ajudar.

Qual a maneira mais barata de resolver um problema médico simples, como por exemplo: sintomas da gripe, dor de garganta, gases, etc., porém sem conhecer quais remédios são indicados?

Dentro das farmácias dos EUA, como Walgreens ou CVS, tem um balcão chamado CONSULTATION. Lá você pode perguntar gratuitamente ao farmacêutico sobre qual remédio tomar e ele irá lhe orientar.

Eu não possuo Seguro de Viagem, estou com uma emergência médica e não tenho muito dinheiro, qual hospital poderia me atender de forma mais barata em Miami?

Se você estiver próximo,  indico o hospital sem fins lucrativos JACKSON MEMORIAL HOSPITAL, porém, devido ao preço mais acessível, o hospital está sempre muito lotado e você poderá esperar bastante para ser atendido. Endereço: Endereço: 1611 NW 12th Ave, Miami, FL 33136


Novidade! Agora você pode comentar usando seu login do Facebook :)